CARRETAS DA SAÚDE – NOTA À IMPRENSA

CARRETAS DA SAÚDE – NOTA À IMPRENSA

O Sindicato dos Médicos no Estado do Tocantins (SIMED-TO) entende que a decisão da Justiça Federal que suspendeu o atendimento do programa Carretas da Saúde, de consultas e cirurgias oftalmológicas, representa uma oportunidade para o Governo Estadual corrigir um grave erro de gestão: investir na estruturação definitiva do serviço oftalmológico no serviço público de saúde.

Ao contratar a empresa 20/20 Serviços Médicos S/S para consultas e cirurgias oftalmológicas no Tocantins, por meio da Secretaria da Saúde, a gestão se revelou omissa em seu dever constitucional, expresso na falta de medicamentos, insumos e equipamentos para a prestação do serviço oftalmológico pela rede estadual, que possui profissionais em quantidade suficiente, mas que tem sido completamente ignorada, ante a inexistência de uma política de saúde pública preventiva, curativa e eficaz por parte da gestão estadual.

As irregularidades na contratação, denunciadas pelo SIMED-TO em dezembro do ano passado aos órgãos que investigaram o contrato e ajuizaram a ação civil, bastantes para embasar a decisão da Justiça Federal, são mais do que suficientes para que a gestão estadual reconheça o erro de direção da política pública de saúde e reconduza a gestão na direção do que a sociedade tem direito: uma saúde de qualidade com atendimento adequado, eficiente e em conformidade com as diretrizes do Sistema Único de Saúde.

Janice Painkow
Presidente

Leia mais:
Denunciado contrato para cirurgias de catarata

 

201 Total de acessos 2 Acessos hoje

Compartilhe

Deixe um comentário

Your email address will not be published.


Warning: get_headers(): http:// wrapper is disabled in the server configuration by allow_url_fopen=0 in /var/www/html/simedto.org.br/web/wp-content/themes/porto/includes/init.php on line 97

Warning: get_headers(): This function may only be used against URLs in /var/www/html/simedto.org.br/web/wp-content/themes/porto/includes/init.php on line 97