SIMED-TO convoca médicos tocantinenses a protestarem contra ministro da saúde no dia 3 de agosto

SIMED-TO convoca médicos tocantinenses a protestarem contra ministro da saúde no dia 3 de agosto

forabarros⁠⁠⁠
Colega médico(a),

O SIMED-TO conta com sua adesão durante todo o dia 3 de agosto ao protesto nacional, em consonância com os médicos brasileiros, contra às declarações proferidas pelo Ministro da Saúde, Ricardo Barros, que demonstram desconhecimento, desrespeito e descaso com a Saúde Pública e a categoria médica.

No Tocantins, o movimento consistirá em atender o paciente com uma faixa de luto fixada no ombro de cada médico. A faixa será fornecida pelo SINDICATO DOS MÉDICOS nos hospitais e postos de saúde. 

O SIMED-TO orienta que o profissional preste o atendimento no dia portando essa faixa e explique ao paciente que se trata de uma resposta às declarações proferidas pelo Ministro da Saúde, Ricardo Barros, que atua de maneira demagógica e inadequada ao seu cargo e uma forma de protesto contra os problemas crônicos que afetam as condições de trabalho: a falta de médicos e a péssima política de pessoal do SUS, fatores que o ministro jamais encara.

A manifestação acompanha o ato que será promovido, no mesmo dia pelos médicos brasileiros, oficialmente, em todo o País, no âmbito do #MovimentoForaBarros – com algumas exceções, de locais e horários, como em Brasília (DF), Curitiba (PR), Manaus (AM), Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP).

A iniciativa nacional reúne médicos de todo o Brasil com o apoio e parceria do Conselho Federal de Medicina (CFM), Conselho Regional de Medicina (CRM-TO),  Associação Médica Brasileira (AMB), Federação Nacional dos Médicos (FENAM), Federação Médica Brasileira (FMB), Ordem dos Médicos do Brasil (OMB) e Sindicatos dos Médicos nos Estados.

Janice Painkow- Presidente

308 Total de acessos 1 Acessos hoje

Compartilhe

Deixe um comentário

Your email address will not be published.