Sindicatos da saúde divulgam nota defendendo conversão justa da carga horárias nos hospitais

Sindicatos da saúde divulgam nota defendendo conversão justa da carga horárias nos hospitais

Os sindicatos dos Médicos (SIMED), dos Farmacêuticos (SINDIFATO) e dos cirurgiões dentistas (SICIDETO) divulgam declaração conjunta em defesa da conversão da carga horária hospitalar considerada justa para os profissionais.

Assinada pelo vice-presidente Hélio Maués, no exercício da presidência do SIMED, e pelos presidentes Pedro Henrique Goulart Machado (SINDIFATO) E Ricardo Martinez Camolesi (SICIDETO) a declaração afirma que as entidades têm se esforçado para que a conversão da carga horária seja de 12 plantões de 12 horas para quem tem carga horária de 40 horas e de 6 plantões de 12 horas para os trabalhadores com 20 horas.

As entidades afirmam na declaração não vislumbram “condições estruturais e de pessoal para o cumprimento de qualquer carga horária” acima dessas duas conversões. Também classificam como “indispensável o cumprimento legal das normas pertinentes” e a convocação da Mesa Estadual Permanente de Negociação do SUS para deliberação da carga horária para os hospitais.

declaracao

464 Total de acessos 1 Acessos hoje

Compartilhe

Deixe um comentário

Your email address will not be published.