SIMED VAI RECORRER ATÉ A ÚLTIMA INSTÂNCIA POR UMA CARGA HORÁRIA JUSTA

SIMED VAI RECORRER ATÉ A ÚLTIMA INSTÂNCIA POR UMA CARGA HORÁRIA JUSTA

Com a notícia de que o governo do Estado, por meio de suspensão de liminar, medida judicial de caráter excepcional, conseguiu junto ao Tribunal de Justiça reverter a decisão de 1ª instância que reconhecia o direito dos médicos de terem uma conversão justa de sua carga horária em plantões nos hospitais públicos, o Sindicato dos Médicos informa que irá recorrer da decisão.

O SIMED está disposto a ir até a última instância para fazer valer no Tocantins as decisões do Supremo Tribunal Federal (STF), que amparam as reivindicações da categoria reconhecidas na decisão da semana passada, de forma a não permitir que o governo estadual faça uma conversão da jornada de trabalho em plantão, que extrapole a carga horária para a qual os médicos fizeram concurso público, e com a qual dedicam sua vida ao atendimento dos pacientes nos hospitais públicos.

323 Total de acessos 1 Acessos hoje

Compartilhe

Deixe um comentário

Your email address will not be published.