O Sindicato dos Médicos no Estado do Tocantins (SIMED-TO) manifesta profundo pesar pela morte do médico ortopedista Marco Aurélio de Pádua Rocha, neste domingo, 22 de novembro, em São Paulo.

Ortopedista pioneiro na capital, médico concursado no Estado desde junho de 1994, e ex-presidente da SBOT (Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia) no Tocantins, Marco Aurélio dedicou sua vida profissional ao alívio da dor e sofrimento de seus pacientes, desde sua residência no Instituto Ortopédico de Goiânia, e em todas as clínicas e hospitais, públicos ou privados, onde atuou com conduta irrepreensível.

O SIMED-TO expressa seus sentimentos à família e amigos do médico, na certeza de que seu legado profissional, pessoal e pastoral, visíveis inclusive na intensa luta que travou contra a Covid-19, sirva de exemplo e inspiração para todas as pessoas.