Momento SIMED

SIMED-TO avalia que concurso público é a forma mais eficaz de combater falta de médicos no interior

Segundo informações da Secretaria de Saúde à imprensa na última semana, uma das causas da superlotação do Hospital Geral de Palmas é a falta de 400 médicos no interior do estado. E sem profissionais no interior os casos são encaminhados ao HGP.  O concurso público, reivindicado pelo sindicato dos médicos, é a única forma de preencher estas vagas de forma…

Continue lendo

Segurança nos hospitais públicos é dever do Estado

O tema do Momento Simed desta semana é a segurança nos hospitais públicos do Tocantins.

Já parou para pensar como é fácil para qualquer pessoa entrar em um hospital público? O direito à saúde é garantido pela constituição assim como a segurança. Os hospitais públicos precisam ter vigilância e controle de entrada de visitantes, para segurança tanto dos pacientes quanto dos…

Continue lendo

SIMED-TO alerta para falta de estrutura dos hospitais para receber Estatuto do Parto Humanizado

O Estatuto do Parto Humanizado foi instituído no início do mês no Tocantins para assegurar melhor assistência às mulheres em período gestacional até o momento do parto. A Lei 3.113 foi publicada no Diário Oficial do Estado no dia 6 de junho deste ano. O parto humanizado se refere à gestante ter a sua privacidade respeitada e ser tratada com…

Continue lendo

Quase 280 crianças estão sem medicamento importante para quem tem deficiência de crescimento

A falta do medicamento somatropina afeta 274 crianças internadas em vários dos hospitais públicos do Tocantins.  Desde fevereiro do corrente ano, os portadores de deficiência hormonal do crescimento não estão recebendo este remédio. Mais 50 destes pequenos estão na fila de espera. Em maio, apenas algumas famílias conseguiram acesso a somatropina, fora a quantidade de interrupções do fornecimento que ocorreram…

Continue lendo

Faixas de protesto contra o não pagamento da data base são retiradas

O programa Momento Simed desta semana trata de um desrespeito ao direito de manifestação.
A última segunda-feira, 20, amanheceu com faixas de indignação contra o governo espalhadas por Palmas e pelas principais cidades do estado. As várias mensagens assinadas por dezenas de sindicatos passavam uma mensagem única: o pagamento imediato dos retroativos da data-base 2015, bem como a implantação do índice…

Continue lendo

Pacientes, acompanhantes e funcionários do HGP ficam sem comida

No período de 4 a 11 deste mês, pacientes, acompanhantes e funcionários do Hospital Geral de Palmas ficaram sem algo básico: Comida. As refeições foram suspensas pela Litucera, empresa responsável pela limpeza e pela alimentação no hospital, por falta de pagamento.

O diretor da Litucera, Edison Silva, disse ao portal T1 notícias que o serviço foi suspenso porque o Estado está…

Continue lendo

Tocantins é medalha de bronze em ranking de estados com menor número de leitos por habitantes

O Tocantins ocupa o terceiro lugar em número de leitos, segundo o estudo Desafios da Gestão Estadual da consultoria Macroplan, realizado no último ano. De acordo com o ranking, o estado tem 1,7 leitos para cada mil habitantes, número que coloca o Tocantins abaixo apenas de Amapá (1,6) e Amazonas (1,67).

Com  a vinda da tocha olímpica ao Tocantins, o SIMED-TO alerta…

Continue lendo

Sindicatos se unem para cobrar direitos trabalhistas do Governo

O Musme, Movimento de Unificação dos Sindicatos dos Servidores Civis e Militares do Tocantins, foi criado na última semana para cobrar data base, progressões e outros direitos negados pelo Governo do Estado. O SIMED-TO faz parte desta ação que reúne sindicatos de dezenas de categorias. O Sindicato dos Médicos acredita na união como ferramenta para garantir os direitos dos trabalhadores…

Continue lendo

SIMED-TO e sindicatos querem Data-base em parcela única

O SIMED-TO e os dirigentes de cerca de 30 sindicatos e associações em reunião decidiram que não vão abrir mão de receber a data-base de 2016 na próxima folha de pagamento, como determina a lei. Além disso, os servidores públicos exigem o pagamento imediato do retroativo da data-base de 2015, que, conforme lei aprovada na Assembleia Legislativa, deveria ter começado…

Continue lendo

Falta de medicamentos em hospitais é cobrada

O programete de rádio “Momento Simed”, produzido pelo Sindicato dos Médicos no Tocantins, cobra esta semana a falta de medicamentos nos hospitais de referência do Estado. Depois de denúncias feitas por médicos e apoiadas pelo SIMED-TO, vistorias feitas pelo Ministério Público e pela Defensoria Pública, foi constatada somente no Hospital Geral de Palmas a falta de 147 medicamentos que vão…

Continue lendo