Notícias

Tribunal reconhece reajuste de 25% aos médicos e devolve ação do SIMED para juiz iniciar processo de cobrança

O Tribunal de Justiça do Tocantins devolveu nesta segunda-feira, 19 de agosto de 2019, a ação de cobrança ajuizada pelo Sindicato dos Médicos (SIMED-TO) em 2010 para a 2ª Vara da Fazenda Pública de Palmas iniciar o processo de cobrança, ou seja, a aplicação imediata dos 25% sobre o vencimento em folha de pagamento dos médicos filiados ao SIMED-TO.

A…

Continue lendo

SIMED-TO repudia manobra do secretário da saúde ao extinguir Mesa SUS para não cumprir decisão

O Sindicato dos Médicos no Estado do Tocantins (SIMED-TO) manifesta seu veemente repúdio à manobra do secretário estadual de Saúde, Luiz Edgar Leao Tolini, que extinguiu a Mesa Estadual De Negociação Permanente do SUS, através da Portaria Nº 405/2019/SES/GASEC, com data de 17 de julho, publicada no Diário Oficial do Estado nessa segunda-feira, 29 de julho.

A sordidez do gestor é…

Continue lendo

Em nova decisão, juiz dá 30 dias para Estado reativar Mesa Sus e decidir com servidores conversão de plantões

Multa ao Estado por descumprimento é de R$ 10 mil por dia e para o secretário Tolini é de R$ 1 mil; ação se arrasta desde 2011 sem estado cumprir decisões para discutir jornada e hora extras com servidores

A Justiça Federal em Palmas remeteu para a justiça estadual uma ação civil movida pelo Sindicato dos Médicos de 2011…

Continue lendo

SIMED aponta erros da MP do plantões e defende conversão justa em audiência na Assembleia

A presidente do Sindicato dos Médicos (SIMED) Janice Painkow fez as mais contundentes crítica à Medida Provisória nº 5, que dispõe sobre a carga horária nos hospitais, durante audiência pública na Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (24/4).

Janice estava na mesa ao lado do presidente da Comissão de Defesa do Consumidor, deputado Elenil da Penha (MDB) e demonstrou que houve cerceamento…

Continue lendo

Presidente explica a site como funciona a justa conversão de carga horária no plantão

A presidente do Sindicato dos Médicos do Tocantins, Janice Painkow, concedeu entrevista para o site T1 Notícias explicando a defesa da entidade e da classe médica para que a conversão da carga horária do médico em plantões siga o plano de cargos e salários e à legislação. Na entrevista, a presidente critica a Medida Provisória baixada pelo governo, que fixa a…

Continue lendo

Orientação aos médicos sobre Portaria 247/2018

Em razão da imposição de uma escala de trabalho que exorbita a carga horária regular dos profissionais da saúde, por parte da Secretaria Estadual da Saúde (SES), em memorando distribuído aos hospitais assinado pelo secretário Renato Jayme, que não se ateve e nem se atém aos problemas que a implantação da Portaria 247/2018 causará nos hospitais públicos, o Sindicato dos…

Continue lendo

SIMED vai à Justiça para defender médicos em ação que impõe nova carga horária nos hospitais

O Sindicato dos Médicos (SIMED-TO) aguarda para esta semana ainda uma decisão da Justiça para que ingresse na ação civil pública que definiu pela implementação da Portaria 247/2018 com nova carga horária nos hospitais.

O pedido à Justiça Federal para participar da ação, já apresentado pelo corpo jurídico da entidade, é necessário por se tratar de ação civil ajuizada pelo Ministério…

Continue lendo

Nota aos Médicos – Caos na Saúde

O SINDICATO DOS MÉDICOS NO ESTADO DO TOCANTINS – SIMED, vem a público orientar a classe médica tocantinense acerca dos seguintes assuntos:

1. Após a edição do Ato Declaratório nº 001, de 01/01/2019, que resultou na extinção dos contratos temporários de serviço de 629 (seiscentos e vinte e nove) médicos, diante do clamor público, da mobilização dos profissionais da saúde e…

Continue lendo

Simed garante na Justiça recontratação de médicas grávidas que tiveram contratos extintos

Em decisão liminar o desembargador Marco Villas Boas, do Tribunal de Justiça atendeu a um pedido do Sindicato dos Médicos (SIME-TO), em mandado de segurança, e obriga o Estado do Tocantins a recontratar três médicas grávidas que tiveram o contrato de trabalho temporário extinto pelo ato do secretário de Administração, Edson Cabral, no dia 1º de janeiro.

As médicas atuam como…

Continue lendo

SIMED repudia extinção de contratos de médicos

 

O Sindicato dos Médicos no Estado do Tocantins(SIMED-TO) repudia a extinção desordenada de contratos temporários da área da saúde, incluindo de 629 médicos, em atuação nos hospitais no primeiro dia da gestão de Mauro Carlesse.

A medida demonstra a irresponsabilidade do governo Carlesse com o atendimento da população, que depende desses médicos que estão na assistência de urgência e emergência.

Não poderia…

Continue lendo