Notícias

Justiça atende SIMED-TO e manda Sesau reativar mesa do SUS para pactuar carga horária dos plantões

O juiz Edimar de Paula, respondendo pela 2ª Vara da Fazenda Pública de Palmas, determinou nesta quinta-feira, 31, que o Estado do Tocantins, por meio da Secretaria de Saúde cumpra um acordo feito com o Sindicato em audiência há seis anos para discutir e pactuar a carga horária dos plantões na Mesa Estadual de Negociação Permanente do Trabalho no âmbito…

Continue lendo

Orientação aos médicos sobre Portaria 247/2018

Em razão da imposição de uma escala de trabalho que exorbita a carga horária regular dos profissionais da saúde, por parte da Secretaria Estadual da Saúde (SES), em memorando distribuído aos hospitais assinado pelo secretário Renato Jayme, que não se ateve e nem se atém aos problemas que a implantação da Portaria 247/2018 causará nos hospitais públicos, o Sindicato dos…

Continue lendo

SIMED vai à Justiça para defender médicos em ação que impõe nova carga horária nos hospitais

O Sindicato dos Médicos (SIMED-TO) aguarda para esta semana ainda uma decisão da Justiça para que ingresse na ação civil pública que definiu pela implementação da Portaria 247/2018 com nova carga horária nos hospitais.

O pedido à Justiça Federal para participar da ação, já apresentado pelo corpo jurídico da entidade, é necessário por se tratar de ação civil ajuizada pelo Ministério…

Continue lendo

Nota aos Médicos – Caos na Saúde

O SINDICATO DOS MÉDICOS NO ESTADO DO TOCANTINS – SIMED, vem a público orientar a classe médica tocantinense acerca dos seguintes assuntos:

1. Após a edição do Ato Declaratório nº 001, de 01/01/2019, que resultou na extinção dos contratos temporários de serviço de 629 (seiscentos e vinte e nove) médicos, diante do clamor público, da mobilização dos profissionais da saúde e…

Continue lendo

Simed garante na Justiça recontratação de médicas grávidas que tiveram contratos extintos

Em decisão liminar o desembargador Marco Villas Boas, do Tribunal de Justiça atendeu a um pedido do Sindicato dos Médicos (SIME-TO), em mandado de segurança, e obriga o Estado do Tocantins a recontratar três médicas grávidas que tiveram o contrato de trabalho temporário extinto pelo ato do secretário de Administração, Edson Cabral, no dia 1º de janeiro.

As médicas atuam como…

Continue lendo

Orientação aos médicos sem contrato em atuação nos hospitais

O Sindicato dos Médicos no Estado do Tocantins (SIMED-TO) orienta aos médicos que tiveram seus contratos de trabalho extintos e não figuram na lista da Portaria Nº 8/2019/GASEC, de 4 de janeiro de 2019, que exclui 367 médicos do Ato Declaratório nº 001, de 1º de janeiro de 2019, a não aceitarem continuar laborando nas unidades hospitalares sem qualquer garantia…

Continue lendo